31 de ago de 2009

Estudantes de fotografia são assaltados em Natal


Diário de Natal dá destaque ao "arrastão".


Informações do amigo e fotógrafo Alex Gurgel. Texto Rafael Duarte – Diário de Natal

Uma aula prática realizada na manhã de ontem pela Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto) acabou de forma traumática para os professores e alunos do curso. Por volta das 10h30, o grupo de 15 pessoas foi assaltado por três adolescentes armados na altura da Pedra do Rosário, no Passo da Pátria, onde fotografavam o monumento. Os bandidos levaram todas as máquinas fotográficas da turma, além de mochilas, bolsas, dinheiro e alguns aparelhos celulares. Entre os pertences roubados haviam equipamentos amadores e profissionais, de até R$ 6 mil.

Segundo a estudante Amanda Sandy, 16 anos, o grupo já estava deixando o local quando foi abordado pelos criminosos. "Já estávamos guardando as máquinas, indo embora, quando eles chegaram. Tinha um que parecia mais velho, mas todos eram muito novos. A minha máquina era (da marca) Nikon e custava R$ 2,5 mil. De documento só levaram minha carteira de estudante e o pouco dinheiro que tinha. Foi horrível, um trauma muito grande", afirmou a adolescente.

Após o susto, os três professores que acompanhavam os alunos tentaram em vão pedir ajuda na delegacia da Cidade Alta, que estava fechada. A polícia só chegou após ser acionada pelo serviço telefônico 190. Uma viatura entrou no Passo da Pátria à procura dos infratores. De acordo com o professor convidado Plínio Sanderson, ao descerem a escadaria da Pedra do Rosário, os assaltantes ainda provocaram a polícia. "Eles gritavam: 'Ah! A favela é nossa! Ah! A favela é nossa!' Um absurdo. Parece que a polícia sabe quem são os bandidos, acredito que vamos recuperar as máquinas, até porque algumas são grandes e vai ser difícil para eles venderem. No sábado, uma aluna do curso já havia tido a máquina roubada próximo à linha do trem, no Passo da Pátria", diz.

Segundo o presidente da Aphoto, Alexandro Gurgel, os alunos ficaram traumatizados. "Enquanto o Plínio e o Hugo Macêdo (professor) foram atrás da polícia, fiquei com os alunos aguardando os pais dos garotos para explicar o que aconteceue acalmar um pouco. O assalto foi muito rápido, fiquei paralisado na hora. Eles desceram para o Passo da Pátria e como não conseguiram levar todos os celulares ligamos para a polícia, que chegou rápido. Havia de 10 a 12 máquinas. Cinco ou seis eram profissionais" , contou.

A Aphoto promove reuniões práticas com os alunos dos cursos de fotografias de três em três meses. Os alunos já percorreram os principais pontos históricos da cidade, além de municípios do Estado sob a coordenação do fotógrafo e presidente da Associação, Alexandro Gurgel.



Posto Enviado por: João Guilherme Peixoto

Marcadores: , , ,

30 de ago de 2009

VISA pour L'image: esta semana na França.



Está começando amanhã o 21 Visa Pour L'image. O mais consolidado festival-mostra-congresso sobre fotojornalismo. É uma espécie de Paraty em Foco (ou seria o contrário???) que ocorre em Perpignan, cidadela medieval perto da fronteira França - Espanha.

Esse ano, a coisa está quente pra quem apostou na bola da "morte do fotojornalismo". Já no slideshow de abertura do site, os organizadores fizeram questão de editar um clipe arrasador: nomes do primeiro time e fotos de tirar o fôlego. Confira.

O festival tem palestras, exibições, leituras de portfólio, simpósios, cursos e espaço para os gadgets: as novidades de equipamento que tanto fissuram fotojornalistas. Este ano, contudo, o festival parece estar reagindo ao posicionamento massivo e unilateral de agências de imagem que declararam recentemete a "morte do Fotojornalismo".

Baboseiras à parte, se a morte do fotojornalismo interessa a alguém, deve ser a quem está ligado a modelos massivos e concentrados de produção e distribuição de imagens. Salvo engano, a preocupação primeira do fotojornalismo é reportar visualmente, e não tentar ressucitar modelos moribundos de negócio, fósseis de uma era pré-internet, conectada, diversificada e múltipla.

O site vai ficar mostrando o que rola por lá. Como prévia, vale passear pela galeria virtual de algumas fotos que estarão em Perpignan.

Marcadores: , , , , , ,

Como NÃO legendar fotos em jornais

Saiu na sessão de ombudsman do O Povo, jornal de Fortaleza, CE.

O assunto é o desleixo na colocação das foto-legendas. O texto de Rita Faheina é simples e direto. Mas mostra sem pudores a calamidade dos editores de imagem que, por motívos que podem ir da ignorância à preguiça, cometem imprecisões calamitosas.

Trecho:

"a construção da legenda deveria ser em conjunto (editor, repórter e repórter-fotográfico). “Isso porque o momento de constituição da fotografia é toda referenciada em um contexto cultural, estético, profissional e pessoal do fotojornalista. Ele, melhor do que ninguém, vai saber expressar o que aquela fotografia quer dizer, porque foi ele quem a criou a partir do recorte de uma realidade".

vale conferir e, se for o caso, aprender.

Marcadores: , , , , ,

AGENDA PARANÁ: Exposição fotográfica sobre Paris.

Com dados do site Paranashop

Começa nesta quinta-feira (27), no Quintana Café & Restaurante (Avenida Batel, 1.440), a exposição DNA Parisiense, do fotógrafo curitibano Guilherme Pupo. A mostra, que permanece no local até o dia 14 de outubro, é uma homenagem ao Ano da França no Brasil e traz imagens de pessoas das ruas, praças e cafés de Paris.

Pupo começou a carreira como fotógrafo aos 9 anos, com uma câmera Kodak Instamatic 101, que ganhou de presente de seus pais. Formado em jornalismo pela Universidade Federal do Paraná, atuou como assessor de imprensa e foi repórter em diversos veículos do Paraná. Em 2001 escolheu a fotografia como profissão. Atualmente colabora para publicações como Folha de S. Paulo e diversas revistas nacionais, e também atua na área de fotografia empresarial e corporativa.

Material e mais informações sobre o fotógrafo, clique aqui.

Serviço
Lançamento da exposição DNA Parisiense, do fotógrafo Guilherme Pupo. Apresentação dos músicos Kadu Lambach e Cristian Julian.

Onde: Quintana Café & Restaurante (Avenida Batel, 1.440), (41) 3078-6044.
Dia 27 de agosto, a partir das 19h30. Entrada franca. Fotografia e Jazz.

Post enviado por João Guilherme Peixoto.

Marcadores: , , , ,

AGENDA PORTUGAL: Competição de fotografia subaquática.

De 29 de agosto a 05 de setembro, a Ilha de São Miguel recebe grandes nomes da fotografia subaquática para o Underwater Photography Azores Challenge 2009, evento organizado pelo Clube Naval de Ponta Delgada e pela Associação Amigos do Mergulho, que é composto por três competições individuais de fotografia subaquática, sendo uma de carácter nacional e as restantes de carácter internacional.

São elas a XVIII Fotosub Nacional, o 1º Open Internacional de Fotografia Subaquática dos Açores e o 1º Campeonato de Fotografia Subaquática da Macaronésia.
Quem estiver interessado em participar neste evento deve contactar o Clube Naval de Ponta Delgada através do número 296 308 380 ou do email geral@cnpdl.pt.

Post enviado por João Guilherme Peixoto.

Marcadores: , , , ,

29 de ago de 2009

À Flor da pele. No JC online.


Foto: Alexandre Severo.

Em tempos onde se advoga a bobagem que o fotojornalismo morreu, vale conferir o ensaio clicado por Alexandre Severo e editado em multimídia por Sidclei Sobral para o Jornal do Commercio de Recife.

O material é sobre três irmãos albinos que moram na favela V9 entre Recife e Olinda. O texto, de João Valadares, ambienta o dia-a-dia das crianças, ainda mais fragilizadas pela intolerância à luz solar, em uma cidade onde sol é regra durante quase todo o ano.

"Os dedos cruzados são sempre para chover. É o convite para o banho de mar na Praia Del Chifre, em Olinda. Rezam para espantar o domingo de sol. Só assim, com o céu pintado de preto, são crianças. Kauan, 5 anos, Ruth Caroline, 10, e Esthefany Caroline, 8, têm a liberdade controlada pelo fator do protetor solar. Não é só isso. São pobres e feridos. Não há dinheiro para parcelar a proteção. O PhotoDerm 100 é o maior sonho dos “galeguinhos” da V-9, favela de Olinda. Custa R$ 96 e só dura três semanas".

Vale pelo testemunhal, tratado visualmente com sensibilidade. Consegue ser notícia sem ser alarmista nem apelativo.

Fotojornalismo do bom. Com proximidade e envolvimento.

COMPLEMENTAÇÃO. Atualizado no domingo, 30 de agosto, 14h.

A repercussão do ensaio tem causado uma procura de leitores que, através de e-mails, estão solicitando uma forma de viabilizar ajuda aos irmãos albinos residentes na comunidade V-9, em Olinda. A coisa tem corrido sobretudo pela internet.

Mais uma evidência que o trabalho de registro visual, feito neste caso, recupera um pouco da tradição fotodocumetal, de promover a sincronia entre ação social, mídia e público. Neste caso, em interação com a internet.

E ai? A quem interessa a morte do fotojornalismo?

Marcadores: , , , , ,

26 de ago de 2009

Além da falsificação, racismo.



Saiu na BBC e no Blog Jornalismo e Internet.

A Microsoft está pedindo desculpas publicamente por uma grosseira manipulação de foto de divulgação da empresa. Em breves termos: transformou um negro em branco. A foto, que retrata um grupo de empregados da empresa, foi adulterada e um homem negro teve sua cabeça trocada pela de um branco. As mãos permaneceram inalteradas.

A foto original estava no site norte-americano da Microsoft, enquanto a adulterada foi inserida no site polonês da empresa.

Lamentável. Péssimo. Foi direto pro Photoshop Disaster. Poderia ir para uma corte da justiça também...

Marcadores: , , , , , ,

EVENTO NATAL - Vencedores Concurso fotográfico Click Solto na Cidade


Informações do colega e fotógrafo José Carlos, de Natal, RN.

A foto “Meninos no Potengi” (Acima - título escolhido pela comissão julgadora), de Alexandre Mendonça, foi a primeira colocada no concurso de fotografia Click Solto na Cidade, prêmio lançado pelo guia cultural em parceria com a OnG Zoon em Natal. Em segundo lugar, ficou Andrey Lourenço, e em terceiro, José Carlos da Silva.


Foto: Andrey Lourenço.


Foto: José Carlos da Silva.

De 90 fotos inscritas, a comissão julgadora escolheu ainda outras sete para a exposição que será montada em setembro. Conheça as três imagens vencedoras e a lista dos dez fotógrafos que terão fotos na exposição.

EXPOSIÇÃO CLICK SOLTO NA CIDADE - SELECIONADOS:

Alexandre Mendonça
Andrey Lourenço
José Carlos da Silva
Alysson Holanda
Anylan Bezerra
Cláudia Lima
Cristina Martins
Herbert Macedo
Marijan Wehrens
Marina Sousa

FOTOS VENCEDORAS

1º Lugar - Alexandre Mendonça

2º Lugar - Andrey Lourenço

3º Lugar - José Carlos da Silva

Marcadores: ,

O Polêmico Bailey e a fotografia de moda contemporânea...

Descontextualizada, essa sentença nada mais seria que uma afirmação perdida, sem conexão direta com o mundo da fotografia. Mas quando a atribuímos ao controverso e polemico David Bailey, a coisa muda de tom... Em entrevista ao jornal britânico “The Times”, Bailey afirmou que não aguenta mais o estilo de modelos que se procura hoje em dia, que parecem "andróides" ou manequins de vitrine.

Ainda de acordo com o fotógrafo, dificilmente hoje conseguimos atrelar uma foto a quem a produz, visto que conceitos como personalidade e autoria estariam ficando de lado no momento do click. "Antes se podia distinguir uma mulher fotografada por Helmut Newton, por Cecil Beaton ou por quem fosse. Uma mulher fotografada por Bailey tem um ar muito diferente. É uma mulher de carne e osso, uma mulher sexual", comenta.

Declaração (no mínimo) polemica. O espaço está aberto para discussão. Quem se arrisca?

Link para a matéria, aqui.

Post enviado por João Guilherme Peixoto.

Marcadores: , , ,

Primeira câmera digital com projetor chega no mercado em setembro



A Nikon lança no mercado a primeira câmera digital com projetor do mundo. A CoolPix S1000pj tem 12MP e será vendida nos EUA por US$ 430. Por seu tamanho reduzido, pode reproduzir fotos em vídeos em lugares de diferentes tamanhos.

O lançamento da Nikon virá com um controle remoto e um suporte para a câmera-projetor, para que o usuário possa curtir com mais conforto a experiência de slideshow.

Em tempos de convergência, vale tudo... Mas pelo que promete, parecer ser um produto bacana. No aguardo para testes.

Post enviado por João Guilherme Peixoto.

Marcadores: , , ,

23 de ago de 2009

Sebastião Salgado se assume na era digital...


Sebastião Salgado "Faz um ano que eu fotografo com câmera digital".


Já tinhamos dado uma nota meio surpresa, meio incerta, desde março. Rolaram alguns comentários em rodas e listas de discussão. Mas ontem, na gazeta online, entre outras coisas, Sebastião Salgado se assume na era digital. Usando uma Canon EOS1 Mark III. De uma vez só, diz que digital é melhor, deixa as Leica de lado e enche a bola da Canon!

Abaixo, está parte da entrevista em que ele fala da mudança para o digital. Mas vale também verificar a totalidade da entrevista, que foi realizada por Vitor Lopes.

O que fez você passar a usar tecnologia digital?
O mundo depois do 11 de Setembro virou um drama para os fotógrafos. Nós usávamos filmes e tínhamos os raios-x nos aeroportos. Eu vinha de Sumatra no ano passado, no mês de abril. Passamos por sete controles de aeroportos com 600 rolos de filme. Tive problemas em vários deles. Não adiantava mostrar para eles as cartas da Kodak, dos governos... Eu reaprendi a fotografia. A digital me facilitou a vida. Estou usando uma Canon EOS-1Ds Mark III, que é fabulosa.

É um susto para muita gente ver você falando que a digital é melhor... É melhor mesmo. Os químicos não existem mais. Tive que fazer os bons químicos até um ano e pouco atrás. Para conseguirmos papel para as cópias de leitura, tínhamos que trazer de Tóquio! Os filmes foram caindo de qualidade. E a qualidade que eu tinha em um 35mm anos atrás eu não tenho mais no médio formato agora.

Com a popularização das digitais, mudou a relação da sociedade com a imagem? Nada. Absolutamente nada. O número de fotógrafos não aumentou, não melhorou e não piorou. Você só mudou a base, exclusivamente a base. O problema é de sensibilidade e identificação com a profissão, de saber se é fotógrafo ou não.

A câmera digital altera a questão da memória? Acho que não. A fotografia, na realidade, é a memória da sociedade. São cortes representativos, são momentos que você faz da sociedade. É a verdadeira linguagem universal. A maneira de escrever cada um tem a sua, com uma vantagem para a fotografia. Ela não precisa de tradução. É realmente uma linguagem fabulosa.

Marcadores: , , ,

21 de ago de 2009

National Geographic no Mercado de Fotografia de Arte.


National Geographic no Mercado de Fotografia de Arte.


Deu no blog Jornalismo e Internet.

A National Geographic Society resolveu abrir seu imenso arquivo fotojornalístico para o mercado das artes e realiza, a partir de 17 de setembro, uma primeira exposição de imagens fotojornalísticas, na Steven Kasher Gallery, de New York.

"Só recentemente o Fotojornalismo foi reconhecido no mundo das Belas Artes", explicou Maura Mulvihill, vice-presidente da coleção de imagens da National Geographic Society.

Reempacotamento? Certamente. Mas com uma boa justificativa: dos milhares de fotografias de a National Geographic possui e produz, apenas 1% é publicado. Nesse horizonte, certamente há centenas de milhares de fotografias vendáveis. Questão de mercado, de crise, enfim, de nova frente de negócios para a fotografia.

Click para ver uma seleção de imagens preparada pelo The New York Times.

Marcadores: , , ,

Gafe coletiva?

Essa foi boa.

O PDN está com uma sondagem onde o público interessado e conhecedor de fotografia vota, pelo método de indicação espontânea, nos cinco fotógrafos VIVOS mais influentes.

Até ai, tudo bem.

Entre osque foram mais votados estão: Richard Avedon, Ansel Adams and Arnold Newman.

Até que eu saiba, esses três cânones da fotografia mundial continuam mortos.

Urge a necessidade de conhecimento da história da fotografia!!! Ainda bem que o PDN os tirou da lista definitiva...

Marcadores: , , ,

20 de ago de 2009

Mémória e meios de armazenamento


Memória é discussão no Instituto Goethe de Salvador.

Há algumas semanas atrás rolou em algumas listas de fotografia um debate sobre preservação de arquivos digitais e da insegurança que é ter JPEGs como depósitos da memória visual e fotográfica.

Se fotografia é memória e documentação, a questão do suporte digital é central para pensar a preservação de imagens e a função social que isso ocupa. Nesse sentido, é muito oportuno o encontro que haverá nos dias 28 e 29 de setembro no Instituto Goethe de Salvador.

O encontro Memória Social e Mídias de Armazenamento será composto de palestras, mesas redondas e discussões, e extrapola as questões técnicas e tecnológicas, envolvendo na pauta debates sobre políticas públicas de armazenamento, processos históricos de armazenamento e tecnologias envolvidas.

O evento envolve além do Goethe, o Instituto de Informação, a Escola de Música e o Sistema de Bilbiotecas - todos da UFBA - além da Fundação Pedro Calmon.

O que isso tem a ver com fotografia? Tudo. A partir do momento em que a entendemos como um horizonte construído em 170 anos de história, documentação e, obviamente, memória.

Maiores detalhes:

Instituto Goethe de Salvador
71-3338.4700
www.goethe.de/bahia

Marcadores: , , , , , ,

Estranhissimo: Camera mais nova com menos resolução que o modelo anterior


Canon G10 - 4.7 megapixels = Canon G11.

Desde a G7 a Canon tem consolidado uma boa imagem na série G, agregando na sua linha de compactas de uso avançado elementos como boa óptica, entupida de recursos, possuem total controle manual e geram arquivos em RAW, formato sem compressão que dá muito mais possibilidade de tratamento.

Pois bem, na sequência veio a G9, um clássico, que no manuseio lembra muito as Contax de telêmetro; a G10 com incríveis 14.7 megapixels, e agora, a G11...

Anunciada hoje, com lançamento público previsto para outubro, a G11 é igual em recursos à g10 só que com 10 megapixels. Você não está lendo nada errado. É isso mesmo: um lançamento mais avançado com uma resolução menor que o modelo anterior!

O que justifica? Segundo o comunicado da Canon, a redução da resolução visa atenuar o alto nível de ruído de imagem gerado pela g10 quando fotografava em ISO alto e/ ou com longa exposição. Com a desculpa que "menos é mais" a camera está sendo lançada. Fora isso, de novo, apenas um visor basculável, para facilitar o clique em ângulos mais difíceis.

Pisada na bola? Mea Culpa? Lançamento estranho esse. Bom candidato a mico de 2009.

Quando é que a G12 vai ser lançada mesmo?....

Marcadores: , , ,

19 de ago de 2009

19 de agosto. Hoje é dia da fotografia!

Quando a fotografia foi patenteada, na manhã de 19 de agosto de 1839, na França, teve gente, na Alemanha, que escreveu isso:

"Deus criou o homem à sua imagem e a máquina construída pelo homem não pode fixar a imagem de Deus. É impossível que Deus tenha abandonado seus princípios e permitido a um francês dar ao mundo uma invenção do Diabo".


Jornal Leipziger Stadtanzeiger, 26.08.1839, p.1.

Felizmente, para todos nós, a fotografia não pertence nem a Deus nem ao diabo, pertence ao homem, à sua consciência, subjetividade e capacidade de inovar. Essa senhora, que hoje completa 170 anos, tem mais propriamente um percurso do que uma idade. Dela somos, todos, testemunhos. Dela somos, todos, tributários.

Marcadores: , ,

18 de ago de 2009

10.000 words. 20 portfolios.


A dica apareceu no blog jornalismo e internet.

O blog 10,000 Words fez uma seleção de 20 portfólios que estão bem acima da média do que normalmente vemos no fotojornalismo.

São diversas galerias virtuais, apelando para recursos multimídia. Vale, em especial, ver o portfólio de Antonin Kratochvil, um fotojornalismo investigativo raro nos dias de hoje. Além dessas referências, o espaço já fez outras listas interessantes.

Importância?
1- Em tempos de "fotojornalismo morto" ou "fotojornalismo em crise", se demonstra que é possível um uso criativo, apoiado em outras mídias.
2 - Ampliar o repertório. Bons ensaios e bem editados. Hoje, sem dúvida, requisito importante para diferenciar um bom trabalho em meio a um oceano de fotos que tendem a ser sempre iguais.

Marcadores: , , , , ,

17 de ago de 2009

Rumor: Longa metragem feito com uma Canon 5D markII será lançado em breve...



Saiu no PDN.

Lembram-se de Vincent La Foret? É um fotógrafo marketeiro que ampliou seu grau de notoriedade ao fazer um curta experimental usando os super-poderes embutidos na Canon 5D mark II. O curta "reverie" rodou a web e impressiona menos pelo enredo do que pela qualidade de vídeo possível numa camera, a princípio, fotográfica.

Pois bem, segundo fontes diversas e não consolidadas ainda, o fotógrafo está na produção (como diretor de fotografia, obviamente) do filme "Betrayed", dirigido por Joshua Grossberg. No site do filme , Laforet é citado, no que é o "primeiro filme de longa-metragem captado com uma SLR digital".

É esperar pra confirmar e, depois, ver.

Marcadores: , , , ,

Sony abre inscrições para Prêmio World Photography 2010

Com dados do Caderno Digital.

Estão abertas, até o dia 04 de dezembro, as inscrições a fotógrafos profissionais e amadores para o prêmio Sony World Photography 2010. Em 2009, o Sony World Photography Award atraiu mais de 60.000 participantes de 139 diferentes países, e o consagrado prêmio L’Iris D’Or 2009 foi concedido ao fotógrafo americano David Zimmerman.

A competição para fotógrafos profissionais engloba 12 categorias em três gêneros – comercial, artística e fotojornalismo/documentário. As categorias profissionais são Arquitetura, Artes e Entretenimento, Publicidade, Conceitual e Abstrata, Questões Contemporâneas, Assuntos Atuais, Moda, Paisagem, Música, História Natural, Retrato e Esporte.

Já as categorias amadoras são Arquitetura, Conceitual e Abstrata, Documentário, Moda, Paisagem, Música, História Natural, Retrato e Esporte.

Em fevereiro de 2010, será realizado o anúncio dos finalistas, em março serão conhecidos os vencedores de cada categoria, e, em abril, acontecerá a cerimônia de premiação do Sony World Photography, em Cannes. O vencedor receberá o cobiçado título L’Iris D’Or, além de US$ 25.000 em equipamentos fotográficos Sony. Os finalistas das 36 categorias terão seus trabalhos exibidos em galerias ao redor do mundo, como parte da Turnê Mundial do Prêmio Sony World Photography ao longo de 2010 e 2011.

O Sony World Photography terá também uma nova categoria em 2010: documentário para fotógrafos amadores. Esta categoria busca uma imagem que capture momentos da vida cotidiana, quer seja de uma pessoa, de um lugar ou de um fato atual. Das nove categorias, um profissional será escolhido o Fotógrafo Amador do Ano do Prêmio Sony World Photography e receberá o prêmio de US$ 5.000 em equipamentos fotográficos Sony.

Marcadores: , ,

12 de ago de 2009

A câmera que segue as pessoas.

Depois do autofoco, lá nos anos 1980, da detecção de faces e de sorrisos, a tecnologia de automatizar o processo fotográfico acaba de gerar mais um produto desta linhagem: A Sony lançou na semana passada a Party-shot(TM) (modelo IPT-DS1).


Trata-se de uma base de câmera que funciona com alguns modelos e é capaz de fazer movimentos de 360 graus e inclinação de 24 graus que automaticamente detecta faces, ajusta a composição e fotografa.

Fotógrafos de eventos: tremei.
Personalidades que policiam seus gestos em eventos: tremei dobrado!

O brinquedo custará o equivalente a 157 dólares. Ele é compatível com as duas novas câmeras que a Sony começará a vender a partir de setembro e que foram anunciadas na quinta-feira passada (6/8).


Câmeras que atuando junto com o Party-shot focam, detectam, giram e fotografam sozinhas.


A primeira é a Cyber-shot TX, um modelo mais “estiloso” e fino - apenas 14 milímetros de espessura. Vem com zoom ótico de 4 vezes e tela sensível ao toque de 3 polegadas. A segunda, Cyber-shot WX1, tem uma tela tradicional de 2,7 polegadas e zoom ótico de 5 vezes. Nos Estados Unidos, a TX1 custará 380 dólares e a WX1 350 dólares.

No Brasil, ainda não há previsão de chegada desses modelos. Certamente chegará com o dobro, triplo do preço, como de costume...

Marcadores: , , , , ,

11 de ago de 2009

NY Times levanta a bola da crise ou morte do fotojornalismo

Dentro da história do fotojornalismo o termo crise tem estado atrelado de modo constante nas últimas décadas. A competicão da televisão (anos 60 e 70), os bancos de imagem on-line (anos 80 e 90), e finalmente, a internet.

A matéria do Times repercutiu, saiu em listas e em blogs. O gancho é a bancarrota da agência Gamma, que recentemente abriu concordata. Na reportagem desta segunda-feira (10/08) os motivos adicionalmente alegados são: a concorrência dos fotógrafos profissionais com amadores na internet, além da recessão e cortes de despesas nos orçamentos de revistas e jornais. O tom, se não chega a ser alarmista, é sombrio.

Dias atrás, a própria notícia da crise da Gamma circulou no meio de fotógrafos e jornalistas. A agência está em concordata de seis meses, período quando a Eyedea Press -proprietária da agência- se reestruturar. No texto, a porta-voz da empresa justifica a crise no setor e faz um alerta: " O modelo de negócio não está funcionando hoje. Portanto, sem mudanças, não funcionará amanhã. O problema é que o Fotojornalismo acabou. Vamos parar de cobrir assuntos diários e partir para temas mais profundos", disse Olívia Riant.

Marcadores: , , , ,

9 de ago de 2009

Big Picture em dois tempos: A bomba e os raios


Nos 64 anos da bomba de Hiroshima, o Big Picture manda lembranças.



Seis de Agosto de 1945: Fim da Segunda Guerra Mundial. Como se já não bastassem as mortes, mutilações e destroços deixados por um dos conflitos mais trágicos da humanidade, o mundo, há exatos 64 anos, ainda foi obrigado a assistir um dos espetáculos mais bárbaros protagonizado pelos “experientes” cientistas norte americanos: o despejo, em plena cidade de Hiroshima, lar de aproximadamente 250 mil japoneses, da bomba atômica que, até hoje, deixam marcas não só no ambiente, mas também ainda causa distúrbios genéticos nas gerações que se formam.

No Big Bigture, muitas imagens para registrar o antes e o depois do lançamento das bombas nucleares. Tocante, vale muito a pena dar uma conferida. Para acessar, clique aqui.



Foto: Kelly Lambert/AP Photo.

Uma seleção bem bacana com algumas imagens feitas no exato momento em que descargas elétricas causadas por raios cortam o céu. Vale destacar a dificuldade em realizar as imagens: para captar o fenômeno, é necessário, além de um bom equipamento, de muita paciência e concentração. Para acessar, clique aqui.

Post Enviado por João Guilherme Peixoto.

Marcadores: , , , , , , ,

8 de ago de 2009

Black Star e os garotos da cola: Tema ignorado ou pauta requentada?



A dica veio do colega Eduardo Queiroga.

O site a agência de fotojornalismo Black Star, estampa, na página destinada a ilustrar os acontecimentos e/ ou coberturas de atualidade, uma reportagem sobre os "Glue Kids", garotos da cola, numa tradução livre; cheira-cola, numa tradução corrente.

A reportagem foi feita em Recife, pelo fotó-repórter Tyrone Turner. A propósito, Recife está se tornando notória por representações visuais atreladas à problemáticas sociais. Neste ano, no prêmio de 2009 do WPP, uma foto de Eraldo Peres - veja no fim do post - mostrando um cadáver na favela do coque foi premiada na categoria "Daily Life" (vida cotidiana).

A questão que esse tipo de material fotojornalístico suscita transcende os próprios fatos. Até que ponto, a Black Star, uma agência de renome, ao agendar uma cobertura sobre os "Glue Kids" não está repetindo uma pauta exaustivamente exercitada desde os anos 1980?

Chover no molhado neste caso, nos faz pensar no outro lado da moeda: se não há incômodo ou sensação de novidade com esse fato, o que ocorre? Já há uma insensibilização generalizada diante desses valores-notícia visuais? Ou, noutra hipótese, a nossa violência é diferente da agendada internacionalmente e se coloca como um modelo exótico, uma macumba pra turista, souvenir macabro do modo brasileiro de ser violento?

Nenhuma dessas imagens, nem de Tyrone, nem de Eraldo, é muito novidade para quem habita Recife. Além disso, fotos de cobertura de assuntos semelhantes, muito mais impactantes, já foram feitas e habitam os jornais da cidade. Algumas delas, inclusive, participaram do mesmo WPP deste ano, sem serem premiadas ou mencionadas.

Mas isso é assunto para outro post...

Pensem, reflitam e postem comentários aqui!


Foto: Eraldo Peres.

Marcadores: , , , , , , ,

Oficinas com Fotógrafos de renome internacional no Itaú Cultural



Que tal trocar experiências com grandes fotógrafos internacionais como Joan Fontcuberta, Joël-Peter Witkin, Bernard Faucon e Martial Cherrier?

Em outubro, você terá esta oportunidade. Isso porque na semana de abertura da mostra A Invenção de um Mundo, esses profissionais ministrarão oficinas destinadas a fotógrafos com interesse em trabalhos de cunho experimental e a pessoas ligadas às artes visuais em geral.

As oficinas ocorrerão em dois dias consecutivos, na sede do Itaú Cultural, em São Paulo, e nelas os artistas convidados irão mostrar suas obras, poderão olhar e comentar os trabalhos dos participantes ou propor alguma atividade a ser desenvolvida. Cada oficina tem 12 vagas, selecionadas pelos trabalhos e currículos enviados.

Para participar do processo de seleção, é necessária a inscrição por e-mail até 16 de setembro. Saiba mais no site do Itaú Cultural e confira a programação das oficinas.

Marcadores: , , , ,

6 de ago de 2009

Como assim??? Leica S2: 23.000 dólares...



Saiu no BJR.

Todo fetiche tem seu preço. Mas algumas coisas são claramente anacrônicas...
Finalmente a Leica divulgou o precinho da S2 a sua hiper-mega-top de linha digital.

23.000,00 dólares, nos EUA. 16.000, 00 libras no Reino-Unido.
Fora as lentes, os acessórios... tudo muito, muito caro.

Vale?

Marcadores: , , ,

POLAROID, de volta em 2010. Mas com outro nome.


SX70 da Polaroid: um clássico.


Com dados da agência EFE.

Edwin Land, criou um slogan que hoje adquire tons de profecia: "Não comece um projeto até que seja manifestamente importante e quase impossível".

Como se sabe, em 2008 os filmes da lendária máquina de fotos deixaram de ser fabricados. Como era cult, muitos fãs peregrinaram de loja em loja à caça de algum que tenha restado em um estoque esquecido. Em breve não terão mais que fazer isso, pois no começo do ano que vem poderão comprar novos filmes para Polaroids.

"A ideia é que não haja nenhum espaço vazio entre o fim dos estoques no começo do ano de 2010 e o novo filme para as câmeras", disse em Viena à agência EFE Florian Kaps, impulsionador de The Impossible Project (O projeto impossível), um nome-chave que mostra as incertezas iniciais do projeto que comprou uma das fábricas, na Holanda, fechadas pela Polaroid. O impossible project, retomou contatos com fornecedores, buscou funcionários demitidos para reativar a linha de montagem e, ao que parece, voltará ao mercado.

"Há muitas pessoas jovens que estão descobrindo as Polaroids e a fotografia analógica. As pessoas descobriram que o digital não é tudo. Por exemplo, o disco de vinil com seu som característico tem mais encantamento", afirma Florian Kaps, ao explicar que há um movimento "retrô" que se rebela contra o mundo digital".

Resistências político-tecnológicas à parte, além do argumento romântico de lutar para que não desapareça este tipo de fotografia instantânea, existe um claro e reconhecido componente comercial nos esforços.

"Nossa intenção é produzir e vender no ano que vem um milhão de filmes, a demanda segundo nossos cálculos e os originais de Polaroid são de 10 milhões de carretéis ao ano", diz.

Desde a aparição da primeira câmera instantânea em 1948 foram vendidas cerca de um bilhão de exemplares - o modelo mais famoso é a mítica SX-70 - das quais entre 300 e 500 milhões ainda podem funcionar.

O novo filme ainda não tem nome, já que o da marca americana não pode ser utilizado por razões de direitos autorais, mas manterá suas características: sua borda branca, o cheiro químico característico, as cores borradas e o minuto de espera até que as imagens se revelem pouco a pouco.

Marcadores: , ,

Fortojornalismo: Diários Associados lança banco de imagens com acervo histórico incorporado


DA Press: fotojornalismo, memória e banco de imagem tudo online.


Com dados do portal imprensa.

Uma tendência já consolidada lá fora (EUA e Europa) é reunir o acervo em formato de banco de imagens como forma de modelo de negócios. Os Diários Associados aqui no Brasill está indo na mesma direção: a partir da próxima segunda-feira (10/08),estará online . o D.A Press, é formado por um vasto acervo fotográfico com imagens produzidas diariamente pelos jornais do grupo e também constituído ao longo dos últimos 85 anos.

Atualmente, 14 jornais dos Diários Associados produzem, diariamente, mais de duas mil fotografias sobre temas do cotidiano brasileiro. O modelo do negócio tem alguns braços. O primeiro é a organização em galerias temáticas que facilitarão por assunto. Outro ponto interessante é que fotografias produzidas por parceiros também poderão ser comercializadas.

Quem possuir um acervo ou produzir uma imagem com qualidade técnica e/ou que seja um furo de reportagem, o D.A Press poderá comercializar. Com o intuito de incentivar a interação entre os usuários, o D.A Press oferece livremente de forma irrestrita e gratuita o acesso ao conteúdo, não havendo qualquer limitação quanto à sua visualização. Porém, para ter acesso à cotação dos preços e ao download das fotografias, será necessária a realização do cadastro. O cliente poderá optar pela compra de fotografias avulsas ou por pacotes que reduzem o custo unitário da imagem.

Marcadores: , , ,

Workshop de moda com Vitor Shalom em Recife



Nos días 29 e 30 deste mes o fotógrafo brasileiro radicado em Milão Vitor Shalom ministra aulas sobre fotografía de moda.

Nos dois dias de workshop serão trabalhados temas como setup de luz, mercado de moda, desconstrução do olhar comercial, produção de editorial em estúdio, direção, iluminação, enquadramento e composição.


As aulas acontecem no estúdio de fotografia Stud1um, na Rua Horizonte, 41, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife e é promovido pelos fotógrafos pernambucanos Gustavo Penteado e Renata Célia. O investimento é de R$ 450,00

Para conhecer um pouco mais sobre esse renomado fotógrafo de moda, clique aqui e conheça o site (muito bem organizado, diga-se de passagem!)

Mais informações:

Gustavo Penteado: (81) 9282-2241
E-mail: gustavopenteado@hotmail.com

Renata Celia: (81) 9959-1118
E-mail: renatacelia@hotmail.com

Marcadores: , , ,

2 de ago de 2009

Profissão de fotógrafo poderá ser regulamentada

Vejam só: Menos de dois meses depois do Ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal comparar jornalistas a cozinheiros e desregulamentar a profissão, está pintando mais uma contradição com cores verdes-amarelas.

A história é que a Câmara dos deputados analisa o Projeto de Lei 5187/09, que regulamenta a profissão de fotógrafo. A proposta, do deputado Severiano Alves (PDT-BA), define a profissão, determina quem estará qualificado para exercê-la e discrimina as atividades que se enquadram no campo de atuação do fotógrafo profissional.

No projeto, poderão ser fotógrafos profissionais os diplomados por escolas de nível superior em fotografia no Brasil, desde que devidamente reconhecida, assim como os diplomados por escola superior em fotografia localizada no exterior, cujos diplomas forem revalidados no Brasil, na forma da legislação vigente. Ainda: Os não diplomados em escola de fotografia que, à data da promulgação dessa lei, estiverem exercendo a profissão por, no mínimo, dois anos consecutivos ou quatro anos intercalados, também poderão ter reconhecida sua condição de fotógrafos profissionais, mediante comprovação da sua atividade.

Essa comprovação poderá ser feita por meio de: entidades sindicais da categoria profissional; registros na Carteira Profissional do Ministério do Trabalho e Emprego (TEM), efetuados por empresas; e recibos de pagamentos de serviços prestados, em papel timbrado ou declaração com firma reconhecida em cartório.

Pense rápido: tratando-se o Brasil de um país com poucas escolas de nível superior que possuem bacharelado em fotografia, será que isso não é a ponta do iceberg de um gigantesco lobby dos nossos honestíssimos empresários da educação superior?

O interessante no teor no projeto é a ausência de qualquer menção a importância pedagógica necessária à formação do fotógrafo.

Ou vamos acreditar no nobre deputado porque ser otimista faz bem pra alma?

Perguntas óbvias...

O que isso vem a contribuir, de fato, para a consolidação da profissão?

Quando chegar ao supremo, como os nossos nobres ministros irão ratificar diante da evidente contradição aplicada a profissão de jornalista?

Ou trata-se ainda da ampliação do braço tentacular do estado (os impostos), pra coletar mais e mais, sem necessariamente oferecer contrapartidas?

A polêmica já está sendo alimentada em várias listas. Abrimos aqui o espaço para o debate.

Marcadores: , , ,

Annie Leibovitz: Das páginas de fotografia às páginas policiais



Que a renomada fotógrafa Annie LEibovitz anda às voltas com dívidas enormes, não é novidade. Mas agora, o laço promete apertar...

Segundo a agência EFE, A fotógrafa, deverá devolver antes do dia 8 de setembro um empréstimo de US$ 24 milhões, que recebeu em 2008 e que gerou um processo contra ele pelo suposto descumprimento de um contrato.

O processo, apresentado pelo grupo Art Capital a um tribunal de Nova York esta semana, alega que a fotógrafa descumpriu os termos de um acordo assinado entre as partes, através do qual a entidade obtinha os direitos para vender fotografias e outros ativos de Annie, para pagar seu empréstimo.

A ação judicial explica que a fotógrafa entrou em contato, em junho de 2008, com a Art Capital, uma empresa de consultoria de artistas e donos de galerias, sobre sua "grave" situação financeira, devido a dívidas hipotecárias e fiscais e a faturas que deveria pagar.

Annie obteve uma linha de crédito de US$ 22 milhões da American Photography, uma entidade filiada à Art Capital e da qual pegou emprestado US$ 5 milhões, a princípio. Em dezembro do mesmo ano, Leibovitz solicitou que o empréstimo fosse aumentado para US$ 24 milhões e a taxa de juros reduzida em 2,75%, o que foi aceito pela credora.

Como parte do acordo sobre a ampliação do crédito, que a fotógrafa utilizou em sua totalidade, e sobre a redução dos pagamentos mensais, Annie autorizou a entidade a atuar como agente exclusivo na venda de fotografias e outros trabalhos da artista. O que parece é que Leibovitz andou fechando alguns contratos "por fora" do acordo.

A Art Capital solicitou ao juiz que ratifique que o acordo de venda entre as partes esteja plenamente em vigor e que a empresa tenha o direito exclusivo de vender as obras.

Marcadores: ,

1 de ago de 2009

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA: Cidades Portuárias e globalização é tema de intercâmbio entre fotógrafos do Brasil, França e Alemanha.


A Aliança Francesa e o Goethe Institut abriram o convite para a participação de fotógrafos brasileiros no projeto "Salvador/ Hamburgo/Marselha: Passado e Presente da Globalização".

Quem financia o projeto é o fundo Franco-Alemão para cooperação cultural e, tem como objetivo, montar uma exposição fotográfica sobre o passado e o presente da globaização nas cidades portuárias do convênio.

Em Salvador, a seleção será de dois fotógrafos brasileiros que farão residência artística de duas semanas em Hamburgo ou Marselha, de outubro a novembro de 2009.

Inscrições até 31 de agosto.
Pré-requisitos: ser fotógrafo, ter portfólio, falar francês, inglês ou alemão, ter trabalhos de registro em arquitetura. Conferir mais info em www.goethe.de/bahia e www.afbahia.com.br . Os dois fotógrafos brasileiros serão selecionados por um juri de 3 profissionais da área.

Mais info aqui.

Marcadores: , , , , , , , , , ,