12 de mai de 2010

Água de beber. Os reservatórios e os problemas.


Fabuloso.
Uso absurdo do Flash. Foto, vídeo, texto, música (de Brian Eno).
Aula de jornalismo visual. Separe uma hora para ver com atenção.

WATERLIFE - http://waterlife.nfb.ca/

.

Marcadores: , , , ,

A melhor camera é a que está com você.

Fotos, edição, trilha, efeitos e upload para a rede. Tudo feito no Iphone.
O trabalho é de Richard Koci Hernandez. Um ensaio feito à luz do instantâneo e da mobilidade. Idéia simples: 54 fotos para 54 dias em Nova Iorque.

The Fifty Four from Richard Koci Hernandez on Vimeo.


Phone apps usados: CameraBag, Melodica, Brushes and Banner.

Via multimediashooter. Tem mais coisas por lá. Vale conferir.

.

Marcadores: , , , ,

Por onde andam suas imagens? Uma solução profissional.

PixID É o irmão maior do TinEye, mas opera com o mesmo princípio só que numa escala muito mais ampla e, por isso mesmo, é um serviço pago.

A ferramenta funciona da seguinte forma: faz-se a carga de um conjunto de imagens no servidor do sistema, que são comparadas através de robôs de busca tanto na internet como em material impresso. como assim?

o PixID tem um banco de imagens escaneadas e convertidads para PDF que aumenta todo mês. Eles falam no release em 5000 publicações. Essas imagens são analisadas por amostra, isto, é por uma comparação entre pixels, e não a imagem toda. Ao irem se encontrando semelhanças essa amostragem vai sendo ampliada até combinar totalmente com a foto carregada.

O sistema compara imagens completa ou porções, imagens com fundo ou elementos alterados, com sobreposição de textos e/ ou colagens, convertidas para p/b, etc. Faz um relatório e envia um PDF para o cliente.

Vale conferir o vídeo abaixo e também o PDF explicativo do sistema.

Dúvidas...? Preço, tempo de licença, biblioteca da publicações em português ou brasileiras?

Todavia, gente de peso está usando a ferramenta. Adobe, Istockphorto, France Presse, Associated Press e digg.

É importante por representar uma ferramenta para controle e acompanhamento do uso indevido, ou desconhecido... Afinal, as imagens nunca deixam de ser suas.





.

Marcadores: , , , , , ,

Quer achar uma imagem com cores específicas?



Você quer achar imagens com cores específicas?

1 - Vá até http://labs.ideeinc.com/multicolr/
2 - Clique em até 10 cores na matriz que aparece.
3 - As imagens vão retornando...
4 - Experimente, é divertido.

Da mesma 'turma' que desenvolveu o TinEye. O multicolr (é assim mesmo que se escreve) indexa busca de imagens a partir de cores.

É mais que web-semântica. É busca por valores arbitrários de cor. Ferramenta interessante. Em breve, sendo usada por fotógrafos em crise criativa em busca por soluções "originais".

.

Marcadores: , , , , ,

Como achar uma imagem sua na internet? - TinEye.



Serviço muito interessante em tempos de copia e cola generalizado, de gente que se apropria das imagens e do calote descarado. Válido para os fotógrafos que desejam sabem quem, como e onde as suas imagens estão sendo empregadas e, ainda, se estão ou foram modificadas.

TinEye é uma ferramenta online, roda no próprio browser, sem plugins, sem nada de adicional. Faz uma busca pela semelhança visual entre imagens em um banco de dados gigantesco. Nada de palavras-chave, metadados, nome de arquivos... Seu uso é simples.

1 - Carregue a sua foto, faça um upload simples ou indique a url de onde a imagem está na web.
2 - O site procura, dá a resposta e os links onde estão a imagem que você procurou.

O sistema funciona procurando arquivos semelhantes ao que foi carregado, fazendo amostragens de pixels da imagem. Ao encontrar similitudes, amplia o grau da amostra até conferir se a imagem bate com a que foi carregada. Engenharia reversa muito interessante para se armar contra o uso não autorizado de imagens.

A ferramenta está sendo usada por um monte de "gente grande" como AFP, Associated Press, Adobe, Istockphoto. Já disponibiliza no site plug-ins para firefox e google chrome.

Testamos e funciona! Sério candidato a mão-na-roda do ano! Aproveitem enquanto o uso é gratuito.

.

Marcadores: , , , ,

5 de mai de 2010

AGENDA RECIFE: Marc Riboud na torre Malakoff




Em 50 anos de carreira, o francês Marc Riboud conseguiu registrar mais do que imagens. Produzidas ou ao acaso, suas fotos revelam emoção e arte, que a partir do dia 07 de maio poderão ser conferidas pelos pernambucanos, na exposição que leva o seu nome, montada na Torre Malakoff, Recife Antigo.

A mostra, uma promoção da Aliança Francesa do Recife, será composta por 60 fotos, consideradas das mais representativas na carreira de Marc Riboud, cujo estilo marcou, reconhecidamente, a forma de representar o mundo durante o século XX.

Integrante da tradicional escola francesa de fotografia – grupo que fundou o estilo conhecido como humanista –, Marc Riboud, hoje com 85 anos, terá seus trabalhos expostos na Torre Malakoff, até o dia 20 de junho. Realizada pela Aliança Francesa do Recife, a mostra tem produção da Alliance Française e Ímpar Produções; patrocínio da Câmara de Commercio França-Brasil, Societe Generale e UTE Norte Fluminense; parceria da FUNDARPE, Secretaria de Educação do Governo do Estado de Pernambuco, Prefeitura da Cidade do Recife e Universidade Católica de Pernambuco; apoio da Ambassade de France au Brésil e Ministério da Cultura e Governo Federal; além do apoio cultural da Sherwin Williams.

Biografia – Marc Riboud nasceu em 1923. Durante a Exposição Universal de Paris em 1937, ele realizou suas primeiras fotografias com o pequeno Vest-Pocket que seu pai lhe deu por ocasião de seus 14 anos. Em 1944, participou dos combates de Vercors. De 1945 a 1948, estudou engenharia na Ecole Centrale de Lyon e trabalhou em uma fábrica antes de resolver dedicar-se à fotografia. Em 1953, conseguiu publicar na Revista Life a foto de um pintor da Torre Eiffel. Convidado por Henri Cartier-Bresson e Robert Capa, integrou a equipe da Agência Magnum.

Em 1955, passando pelo Oriente Médio e o Afeganistão, foi por terra até a Índia, onde ficou um ano antes de ir para a China, em 1957. Depois de uma estada de três meses na antiga URSS, em 1960, fez a cobertura das independências da Argélia e na África Negra. Entre 1968 e 1969, realizou reportagens no Vietnã do Sul e também no Vietnã do Norte, onde foi um dos poucos fotógrafos a poder entrar. Nos anos 80, viajou regularmente pelo Oriente e pelo Extremo Oriente e realizou a exposição em Paris, Londres, Nova Iorque, Beijing, Hong Kong, Bilbao...

Marc Riboud publicou vários livros sobre a China, o Tibete e o Camboja. Em 2009, ele lançou “Algérie, indépendance”, pela editora Le Bec em l’air. Foram organizadas duas importantes retrospectivas: em 2004 – na Maison Européenne de la Photographie de Paris – e uma terceira está prevista no Shanghai Art Museum em março de 2010.

Seu trabalho foi exposto em diversos museus. Ele recebeu entre outras recompensas, dois prêmios do Overseas Press Club, o Time-Life Achievement, o Lucie Award, o ICP Infinity Award, e, recentemente, o Sony World Photography Award.


Serviço:

Exposição Marc Riboud
Local: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, s/nº - Recife Antigo)
Período: De 07 de maio a 20 de junho de 2010

Horário de visitação:
· De Terça a Sexta – Das 9h30 às 17h
· Sábados e Domingos – Das 14h às 17h
Telefones para agendamento de grupos: (81) 3184.3182 / 3184.3187

Marcadores: , , , , , ,

3 de mai de 2010

AGENDA RECIFE: Brincantes da Mata, hoje, na Torre Malakoff




“Brincantes da Mata” é um registro fotográfico e jornalístico que revela o lado inexplorado de quatro personagens da Zona da Mata Norte pernambucana: Mestre Zé Duda, do Maracatu Estrela de Ouro de Aliança; Martelo, do Cavalo-marinho Estrela de Ouro de Condado; Dona Olga, do Maracatu Estrela Brilhante de Igarassu; e Negão, do Caboclinho Canindé, de Goiana.

Todos fazem parte de folguedos consagrados pelo imaginário pernambucano. O projeto, idealizado pela Imago Fotografia, foi aprovado e patrocinado pelo Funcultura, e trás uma caixa com quatro livros, cada um retratando a vida e a arte desses personagens. As fotos ficam por conta de Roberta Guimarães e mais duas fotógrafas convidadas - Rose Gondim e Tuca Siqueira , quando cada uma registra um dos artistas homenageados.

O lançamento dos livros será no dia 04 de Maio (terça), às 19h, na Torre Malakoff (Recife Antigo), onde será realizada uma projeção com imagens e trilha sonora original de cada grupo, isso com a presença dos artistas homenageados e uma breve apresentação do Cavalo-Marinho Estrela de Ouro de Condado. Os livros serão comercializados no local por R$ 40,00 a caixa, com os quatro livros, seguindo na seqüência para livrarias de todo o Brasil.


SERVIÇO:
Lançamento dos livros "Brincantes da Mata"
Dia 04 de Maio, 19h
Local: Torre Malakoff (Recife Antigo)


.

Marcadores: , , , , , , , ,