19 de mar de 2009

Paraenses. No México.


Foto: Mariano Klautau Filho.


Foto: Orlando Maneschi


Foto: Paula Sampaio.

A fotografia do Pará e de Belém, tem conseguido um destaque especial dentro do cenário contemporâneo brasileiro e internacional. O trabalho dos fotógrafos belenenses tem conquistado o - merecido - lugar devido ao que penso ser uma corrente criativa de inovação na fotografia brasileira, atando de modo bastante inusitado temáticas, estéticas e abordagens que oxigenam as perspectivas híbridas situadas entre a documentação a experiência de linguagem.

Nesses desdobramentos, quatro fotógrafos paraenses foram convidados pela embaixada do México para mostrar os seus trabalhos. Mariano Klautau Filho, Paula Sampaio, Daniel Cruz e Orlando Maneschy farão parte da exposição “Equatorial”, que será aberta hoje, no Centro de Estudos Brasileiros da cidade do México e ficará aberta até o dia 19 de abril.

É uma ocasião e espaço de reconhecimento que vem através de um conjunto de imagens no qual a diversidade revela um confronto com as representações tradicionais do exótico sobre a região amazônica. É uma amazônia que se apresenta com um pé no desencanto e outro na melancolia, uma amazônia que é agitada e também urbana.

A exposição se mostra também como um sismógrafo da fotografia contemporânea produzida no Pará, destacada recentemente pela criatividade e fuga do clichê visual que orbita o imáginário do senso comum sobre a região. São olhares que se complementam. Para quem conhece a produção fotográfica que tem brotado do Pará (vale conferir, ainda, os perfis de fotógrafos como: Diô Viana, Miguel Chikaoka, Luis Braga e Luiz Vasconcelos, este último ganhador do Word Press Photo de 2009).

São visões complementares, do ambiente espacial e urbano, dos personagens, da exuberância e de personagens em trânsito. Os paraenses também ministrarão as palestras “Sequestros - Imagem contemporânea no Pará”, com Orlando Maneschy, “Uma Certa Amazônia - Fotografia e Identidade”, com Mariano Klautau Filho, e um relato profissional com o tema “Central Hotel - um ensaio sobre a identidade urbana”, apresentado por Daniel Cruz.

Tudo isso acontece no CEB - Centro de Estudos Brasileiros no México, de amanhã, 19 de março a 19 de abril de 2009.

Para quem está pela capital mexicana, ou vai passar por lá, programa obrigatório.

Marcadores: , , , , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial