27 de abr de 2010

AGENDA RECIFE: Hoje: É do Coco, é do coqueiro



Roberta Guimarães e Fred Jordão, possuem um percurso destacado na fotografia pernambucana nos últimos 20 anos. Fizeram parte de uma geração que entre outros (Breno Laprovítera, Jarbas Jr, Daniel Berinson, Gleide Selma,... páro por aqui para não cometer injustiças!!) reoxigenou o fotojornalismo dos anos 1980. Depois dessa etapa, formaram a Imago, uma agência que, ao seu tempo, formatou uma configuração interessante de trabalho, atuando de modo múltiplo em documentação, fotopublicidade, editoriais e outros gêneros da fotografia.

Passados alguns anos dessa caminhada, a Imago se reformulou, saíram alguns sócios, mas, de algum modo, o viés documental da agência, voltado para o registro dos elementos regionais de modo diferenciado, permanece.

Prova disso é o lancamento do projeto É do coco, é do coqueiro, dos fotógrafos Roberta Guimarães e Fred Jordão. O livro, tem como proposta percorrer a cadeia produtiva e cultural em torno do coqueiro, elemento indissociável da paisagem pernambucana e nordestina. O interessante é perceber como, na obviedade da presença na paisagem deste elemento, o projeto dos dois fotógrafos consegue se impor pela originalidade da proposta e pelo cuidado visual.

É um trabalho importante por uma série de motivos: documenta uma parcela da cultura atrelada a um pertencimento social e econômico, demonstra a viabilidade de se trabalhar no eixo de projetos fotógraficos documentais de longa duração, possui inserção contemporânea e delimita a "civilização do coco" sem se propor a abordar esse tema como algo exótico.

O projeto teve o financiamento do Governo do Estado de Pernambuco, através da chamada pública e concorrencial do Funcultura, o programa de leis de incentivo a cultura do Estado, mantido pela FUNDARPE - Fundação do Patrimônio Artístico de Pernambuco.

A realização é da Relicário Produções Culturais. O projeto tem ainda apoio da Gráfica Santa Marta, notabilizada pelos acabamentos impecáveis com que imprime.

Amanhã, demos o prosseguimento da cobertura trazendo as impressões sobre o livro.

SERVIçO:

É do coco, é do coqueiro.
Torre MAlakoff, pça. do Arsenal, Recife Antigo.
28 de Abril de 2010 - Quarta-feira, 19h.

Informações e detalhes: 81-3184.3180 e 81-3226.2366
relicarioproducoes@terra.com.br

Marcadores: , , , , , , ,

1 Comentários:

Às qua abr 28, 01:37:00 PM 2010 , Anonymous Fred Jordão disse...

É isso, Afonso! Valeu a divulgação, aguardamos vc e todos os que curtem fotos na Malakoff, hoje, a partir das 19 horas. Sua analise é correta. Mesmo que eu não seja mais da Imago, a filosofia continua a mesma. Fotografia como forma de expressão, sempre com qualidade. E eu aproveito pra gritar bem alto: Viva o documental!!!!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial