6 de mai de 2009

Notícias da "maleta mexicana". Primeiras imagens começam a ser divulgadas.

das

Foto: Robert Capa. Mulher e Criança em campo de refugiados na França, 1939.


Com dados do The New York Times.

Uma das maiores descobertas recentes do universo da fotografia, a "maleta mexicana" que contém negativos de Robert Capa feitos durante o período da guerra civil espanhola, vem gerando novas notícias. A partir do momento em que o ICP (Centro Internacinal de Fotografia) em Nova Iorque começou a tratar e digitalizar os negativos, novidades guardadas por 70 anos começaram a ser desveladas.


Uma das três maletas repletas de negativos inéditos de Robert Capa,Gerda Taro eDavid "Chim" Seymour.


Primera delas:
Nos 126 rolos de fotografia contendo cerca de 4300 imagens, existem também fotografias de Gerda Taro, companheira de Capa no período, que terminou morta durante a guerra civil) e de David Seymour, o Chim, co-fundador da Magnum, que não tem imagens de batalha mas documenta de forma exaustiva a vida dos espanhóis durante a guerra. Esse material de Symour é totalmente inédito e, até certo ponto, inesperado.

Os especialistas temiam que os negativos, que estiveram desaparecidos durante 70 anos, se encontrassem demasiado danificados. O processo de digitalização dos os negativos de 35 milímetros e tratamento das imagens prolongou-se por mais de um ano. O trabalho foi feito pelo ICP, com a ajuda de um especialista em conservação de fotografia da George Eastman House.

Outras revelações: No conjunto de imagens, estão retratos do escritor norte-americano Ernest Hemingway, que foi correspondente de guerra, do autor francês André Malraux (fotografado por Gerda Taro) e do poeta espanhol Federico García Lorca (fotografado por David Seymour). Mas a maioira são imagens que documentam a realidade de vida e morte da Espanha durante a Guerra.

"Isso é o mais interessante neste material", confessou Willis. "Há tantas questões por responder e tantas questões que ainda nem foram colocadas. E este material vai ajudar-nos." E concluiu: "Consideramos que esta é uma das mais importantes descobertas de trabalhos fotográficos no século XX."

No entanto, apesar das expectativas, as caixas não esclarecem um dos maiores enigmas da carreira de Capa: se ele encenou ou não a foto do soldado a cair, a sua imagem mais famosa e da qual não há negativo, apenas se conhece a prova. A mala não continha nenhuma das séries de fotografias tiradas naquela tarde de 5 de Setembro de 1936.

É esperar e ver o que vai sair dessa caixa. Alguma coisa já pode ser conferida no slideshow, inside the mexican suitcase.

Marcadores: , , , , , , , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial