8 de mai de 2009

AGENDA Recife: Terça-feira tem "Sobreposições", na Arte Plural Galeria.


Fotografia: Eduardo Queiroga.

A Arte Plural Galeria, dá continuidade a sua programação 2009 de exposições fotográficas. Desta vez, traz, a partir do dia 12 de maio, o trabalho "Sobreposições", do fotógrafo pernambucano Eduardo Queiroga.

"Sobreposições" enfoca as camadas do Bairro do Recife, que foram se acumulando décadas após décadas, ciclos de auge, decadência, revitalização e desgaste. O interessante é perceber que as sobreposições agem como um sismógrafo da paisagem, registrando e deixando vestígios, acúmulos, repetições, marcas e índices na paisagem urbana. As fotos de Queiroga mostram a cidade, como uma muda de pele ocorrendo de tempos em tempos.


Fotografia: Eduardo Queiroga.

Segundo Queiroga:

"O trabalho iniciou em 2007. Uma coisa que acho importante nisso foi a vontade, a intenção de focar num volume pequeno de imagens. Estamos num tempo de produção de grandes quantidades - e faço isso em outros trabalhos - mas nesse, desde o início, a idéia é mais enxuta e tentar trabalhar nos significados, no aprofundamento, nas camadas do processo".


O trabalho estimula a abertura para diversos campos de debates: a questão da memória, da cidade, da foto-documentação, do registro de processos que impressionam, criam marcas na paisagem e vestígios de memória. Afinal, a cidade e suas camadas atuam como um texto permanentemente escrito no correr do cotidiano. Como um palimpseto, aquele manuscrito feito de couro que tinha o texto raspado para dar lugar a outro texto mais novo. No entanto, o texto eliminado não era apagado totalmente, deixando vestígios e significações.

Queiroga afima que:
"O conceito de palimpsesto também foi usado em relação à fotografia. Embora eu use a cidade e as utilizações que o homem deu a ela, eu quero, na verdade, falar sobre fotografia.Assim como nos pergaminhos antigos, que eram raspados e reescritos, reaproveitados, onde podíamos ver marcas dos textos anteriores, acho que essas fachadas também são acúmulos de tempos, são recortes. São fotografias. Acabo fazendo um movimento meio cíclico como uma daquelas imagens onde o cara filma um monitor, onde aparece a imagem que ele está filmando e isso torna um loop infinito".


Fotografia: Eduardo Queiroga.

"Sobreposições" fica na Arte Plural Galeria do dia 13 de maio até o dia 28 de junho. Porém, a programação de abertura é bastante movimentada.

No dia 12 de maio, terça-feira, 19hs - abertura para convidados da exposição
"Sobreposições", com fotografias de autoria de Eduardo Queiroga (PE), curadoria e apresentação de Simonetta Persichetti.

No dia 13 de maio, quarta-feira, 19hs - bate papo com o fotógrafo Eduardo Queiroga e a crítica e curadora Simonetta Persichetti.

No dia 16 de maio, sábado, 18hs - bate papo com a professora do PPGCOM-UFPE, Nina Velasco sobre a exposição "Sobreposições".

Eduardo Queiroga é fotógrafo desde 1990. É formado em jornalismo. Foi repórter fotográfico do Jornal do Commercio (1992-1995). Criou e organozou as agências Lumiar e Algaroba. Atualmente coordena o projeto Fotolibras (projeto de fotografia participativa com jovens surdos), ensina no bacharelado em fotografia da AESO, e realiza o projeto: Inventário Saberes e Práticas das Parteiras Tradicionais de Pernambuco. Atende ao mercado e planeja desenvolver um projeto de pós-graduação.

Marcadores: , , , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial