26 de mar de 2009

'Paris Match' comemora 60 anos com uma edição especial, uma expo e um livro


De 1949 até hoje. Paris-Match completa 60 anos.
Com dados do Diário de Notícias, de Portugal.

Uma exposição em Paris e a edição digital demostram que a revista ilustrada mais famosa da França continua ativa.

Pelas páginas da Paris-Match, nos últimos 60 anos, passou de tudo: conflitos, revoluções, romances e, claro, - muitas - celebridades.
Essa edição especial da Paris Match serve de recordação de um percurso iniciado em 1949. Resumo da história: pós-segunda guerra, o empresário Jean Prouvost, repaginou uma versão do jornal esportivo Match para um formato de revista de imagens, num tempo de TV de acesso limitado, caro e em preto e branco.

A publicação foi um sucesso editorial. Desde então, a revolta dos estudantes do Maio de 68, a morte dos soldados franceses na guerra do Afeganistão, a filha ilegítima do presidente François Mitterrand, o romance de Carla Bruni com o presidente francês Nicolas Sarkozy, se constituiram num repertório que tem sua representatividade, apesar da concorrência com a diversidade do mercado editorial e da televisão, que configuram uma espaço cada vez mais estreito a revistas ilustradas. Mesmo assim, hoje a Paris Match é a 5.ª revista mais lida no mundo, distribuída em 120 países e com de 4 milhões de leitores/semana.

Uma exposição de fotografia, na Gare de Lyon, em Paris, faz retrospectiva da história de 60 anos de fotografias. Em paralelo, o lançamento do livro, Les dossiers secrets de Paris Match, revela os bastidores de algumas das maiores reportagens da revista.

Para conferir como documento e material da história do fotojornalismo.

Marcadores: , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial