1 de ago de 2010

Capa da TIME. Controverso? Apelativo? Propaganda?


Foto: Jodi Bieber para TIME.


Capa da Time desta semana. A imagem é forte. A revista garante que consultou psicólogos para avaliar os possíveis impactos que a imagem possa ter junto ao público. Todavia, o mais interessante é tentar decifrar em que eixo de intenção essa imagem foi escolhida para ser capa.

No caso, o retrato é de Aisha, jovem afegã de 18 anos que teve nariz e orelhas mutiladas por não se alinhar ao código de conduta do Talibã. Ainda segundo a TIME a garota concordou em posar no sentido de demonstrar para o mundo a ameaça da volta do regime fundamentalista.

Exemplo interessantíssimo de fotojornalismo comparado. Onde se sobrepõem dinâmicas de propaganda de guerra, documentação e jornalismo incorporado e política editorial controversa.

Veja o vídeo narrado pela fotógrafa Jodi Biber, sobre como a foto foi produzida.


.

Marcadores: , , , ,

2 Comentários:

Às dom ago 01, 08:53:00 PM 2010 , Anonymous fred disse...

Incrível, eu ví há duas semanas em Madrí a exposição intitulada Fotopress La Caixa 09, no museu Caixa Forum e uma das séries era de retratos de mulheres com rostos desfigurados pela guerra no Paquistão (http://obrasocial.lacaixa.es/nuestroscentros/caixaforummadrid/fotopres09primerpremio_es.html) Coincidência????

 
Às ter set 14, 01:24:00 PM 2010 , Anonymous Anônimo disse...

Assisti ao vídeo, mas não consegui entender muita coisa porque o meu inglês não é suficiente. Mas para mim, uma das possibilidades é um "diálogo" com a famosa foto da também afegã Sharbat Gula, feita pelo Steve McCurry

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial