16 de jul de 2009

De olho nas lentes


Shutterbug: dissecando a óptica das lentes.


A shutterbug é uma revista de fotografia que dá uma importância destacada, às vezes excessiva, a questão do equipamento. Na edição de agosto, no entanto, ela presta um bom serviço à classe dos fotógrafos.

Explico: nesta edição a revista se direciona sobre a questão das objetivas, dissecando alguns mitos e outros lugares comuns. Vale conferir o texto que fala das lentes "genéricas" (sim, isso existe!), as famosas OEM (sigla de original equipment manufacturer), que às vezes podem ser identicas e equiparem equipamentos de marcas e modelos diferentes, com preços discrepantes entre si.

Traz ainda um bom texto explorando as diferenças entre as lentes profissionais e as dedicadas a usuários avançados. É interessante ler porque nem sempre a diferença de qualidade não é tão grande quanto a de preço entre essas faixas de consumo. Neste caso, o segredo da diferença de uma lente boa para uma não tão boa, podem estar mais nos elementos da construção como, por exemplo, o vidro, ou cristal utilizado, o desenho e projeto, os materiais da mecânica, do que, necessariamente, na marca.

De quebra, há uma matéria extremamente didática que deixa claro porque a Leica é o que é em termos de óptica. Apresenta alguns novos lançamentos da marca alemã, entre eles, a nova, ultra luminosa e caríssima, 50mm f : 0,95.

Quando chegar as bancas daqui, vale dar uma olhada. Por que é importante? Por abordar um assunto que normalmente muitos fotógrafos principiantes, (e alguns já rodados) negligenciam ao preferir gastar em câmeras e não ligar muito para as objetivas.

Em tempo: Quem aqui não já pagou o vacilo de comprar uma lente bonitinha por fora, mas ordinária na definição?

Marcadores: , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial