14 de jan de 2010

Retrospectiva 2009, Expectativa 2010. Epílogo. Roberta Guimarães.

Nossa Colega, professora e fotógrafa Roberta Guimarães, mandou a sua lista de retrospectivas e expectativas. Chegou no meio das férias, meio no desejo de descanso incondicional. Aproveitamos um breve hiato no descanso e acesso a um computador ligado à rede para dar espaço às observações de Roberta.
Em tempo: os grifos são da própria Roberta. Respeitamos assim sua redação original e, Desde já, agradecendo a colaboração...


Retrospectiva:


- Destacaria o Paraty em Foco pelas diversas palestras apresentadas.

Loreta Lux, com uma verdadeira aula sobre arte. Alexandra Sanguinetti pela intimidade de suas fotos. Além dos trabalhos maravilhosos de Alexandre Sequeira, com sua fotografia altruísta,e Rodrigo Braga com sua abordagem introspectiva. Presença, também, da fotografia Pernambucana no evento, com palestras e com fotógrafos representados pela Galeria Arte Plural.


- Publicação do livro “A fotografia, entre Documento e Arte Contemporânea”, do francês André Rouillé, edição em português.


- PhotoEspanha com a exposição de Annie Leibovitz e a expô Resilência ( dez jovens autores que participaram da edição de 2009 do “Descubrimientos PHE da América Latina ) . A de Leibovitz pela retrospectiva – 1990 – 2005. E Resilência pela novidade de alguns autores no utilização multimídia.


- Avanço da fotografia Pernambucana com mais uma conquista na Fundarpe- criação da Coordenadoria de Fotografia.


- Semana da Fotografia de Recife.. Principalmente pela criação das mesas com autores pernambucanos,dando oportunidade ao público de conhecer a fotografia que se produziu e se produz no estado. Além da palestra, com o fotógrafo carioca Rogério Reis.Que, além de apresentar domínio sobre a fotografia factual, mostrou que está caminhando cada vez mais para a fotografia mais elaborada, mais criativa, com o belíssimo ensaio XIV Bis.


- A galeria Arte Plural, oferecendo cada vez mais espaço para a fotografia Pernambucana.


- Oferta da função de vídeo, de alta resolução, nos aparelhos fotográficos profissionais.


- O prêmio Esso para Arnaldo Carvalho do Jornal do Comércio.


- Exposição “Olhar e Fingir”, fotografias da coleção AUER no MAM em São Paulo.


- Desenvolvimento do meu projeto Brincantes da Mata. Juntamente com as fotógrafas Tuca Siqueira e Rose Gondim acompanhamos, durante um ano, o cotidiano de quatro personagens pertencentes a quatro manifestações culturais do Estado. O projeto se transformará em uma edição conjunta de quatro livros que iremos lançar no primeiro semestre de 2010.


Expectativa :


- Menos “lamentação” e maior participação dos fotógrafos pernambucanos nos editais de fotografia, aumentando a possibilidade de desenvolvimento dos projetos pessoais.


- Mais conquistas para a fotografia Pernambucana.


- Oferta de mais cursos técnicos e teóricos de fotografia pelas instituições públicas e privadas, em Pernambuco.


- Menos preconceito dos fotógrafos em relação á participação dos artistas, que utilizam a fotografia como matéria em seus trabalhos, nos concursos e editais de fotografia . Afinal, o importante é o resultado final, do contrário, a defesa se torna “corporativismo”.


- Essa está um pouco distante, mas,.......aí vai: redução de impostos para equipamentos fotográficos importados.

.

Marcadores: , , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial