24 de nov de 2008

Photoshop? Cindy Shermann? Que nada! Dona Telma Saraiva já fazia tudo isso nos anos 1940!


foto: Telma Saraiva.

Se hoje vivemos mergulhados em imagens saídas do photoshop, que escondem convenientemente pequenos erros e ingratidões da natureza, deveríamos saber que, na verdade, este best-seller dos softwares de edição de fotografias, agrega técnicas, por vezes, bem antigas.

O retoque e a pintura aplicada sobre imagens em preto-e-branco eram recursos clássicos que dialogavam com a técnica da fotografia. A fotopintura, se hoje está em desuso, era recurso corriqueiro para além de colorir, permitir pequenas correções como ressaltar detalhes, melhorar a pele, esconder rugas, e por ai vai. Ou ia.

A época era os anos 1940, o local, a cidade do Crato, no interior do Ceará, a pessoa, Telma Rocha Saraiva, filha de um renomado fotógrafo da cidade que exercitava a técnica de retoque em cores de um modo especial: ao invés da aquarela, que era o modo mais comum, usava tinta óleo. Em paralelo, começou a criar auto-retratos se caracterizando tal qual personagens do cinema. A produção incluía o vestuário, maquiagem, penteado e adereços, além, claro, da incorporação de ícones da época, como Rita Hayworth, Scarlett O'Hara, Marilyn Monroe e Elizabeth Taylor. Nisso, além de demonstrar perícia com as tintas, antecipava em mais de 35 anos, o pastiche pós-moderno da performer-fotógrafa
Cindy Shermann..

Ainda hoje o trabalho chama atenção. Na cidade do Crato, a habilidade da moça virou um clássico: toda família que se prezasse tinha uma foto do Estúdio Saraiva. A partir de 2005, dona Telma, aos 75anos, teve seu trabalho mais reconhecido, através de uma exposição no Centro Cultural Dragão do Mar, em Fortaleza. Em 2007, Cristiano Mascaro fez um ensaio fotográfico com ela, resultando na exposição Telma Saraiva: A procura de um mito, apresentada em São Paulo na
Galeria Estação.

Vale a pena conferir e se informar sobre essa singular e criativa referência da fotografia brasileira.

Marcadores: , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial